Contos e (En)cantos

Convidamos você a se enredar com a literatura para se encantar e contar outros contos dos dramas humanos e inumanos da existência, em especial, para conversarmos sobre a experiência da finitude e do renascimento em tempos de COVID-19.

————————————————————————————————-

Poema do homem

Solano Trindade*

Desci à praia
Para ver o homem do mar,
vi que o homem
É maior que o mar

Subi ao monte
Para ver o homem da terra,
E vi que o homem
É maior que a terra

Olhei para cima
Para ver o homem do céu,
E vi que o homem
É maior que o céu.

*Pintor, teatrólogo, ator, folclorista e poeta da resistência negra por excelência, nasceu no Recife, no bairro de São José, em 24 de julho de 1908. Em 1930, começa a compor pomas afro-brasileiros. Faleceu no Rio de Janeiro, em 19 de fevereiro de 1974.

Pergunta para refletir sobre o texto: O que é maior que o homem?

Um comentário em “Contos e (En)cantos

Deixe uma resposta para Tatiana Araújo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: