Contos e (En)cantos

Sem Título – Vanderlei da Silva

– Sou da favela não sou o vilão
Quero mais saúde e educação
Favelado e guerreiro não é o ladrão
– Sou da favela e tenho talento
Não entrem com guerra entrem com investimento
Chega de luta, de choro e lamento
Sou favelado sim mas não sou violento.
– Sou favelado e tenho orgulho de ser.
Curto funk, pagode, reggae e MPB
Injustiça e violência não vão prevalecer
– Favelado tá na mira sociedade
Discrimina o sistema, manipula e a covardia predomina
– Quero respeito justiça e paz
Quero direito de ir e vir e me tornar um bom rapaz
Ser exemplo para as crianças e orgulho para meus pais
– O presente sem guerra é um grande destino,
É melhor o barulho do canto dos pássaros
O barulho das crianças brincando do que o barulho dos tiros
– Com os pés no chão descalço, sem camisa, jogo bola, jogo flipe, solto pipa, faço rima.
A vida é dura. Sonhar é preciso.
Nunca pare de lutar, nunca se dê por vencido.


Pergunta para refletir sobre o texto
:
O que é preciso ouvir da voz que vem da favela?

Um comentário em “Contos e (En)cantos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: