Contos e (En)cantos

Assim eu vejo a vida

Cora Coralina*

A vida tem duas faces: Positiva e negativa
O passado foi duro mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições lutas e pedras como lições de vida e delas me sirvo
Aprendi a viver.

*Pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto, nasceu na cidade de Goiás, no Estado de Goiás, no dia 20 de agosto de 1889. Poetisa e contista brasileira, publicou seu primeiro livro quando tinha 75 anos. Em 1970, tomou posse da cadeira n.º 5 da Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás. Em 1983, recebeu o “Prêmio Juca Pato” da União Brasileira dos Escritores, como intelectual do ano, com o livro “Vintém de Cobre: Meias Confissões de Aninha”. Faleceu em Goiânia, Goiás, no dia 10 de abril de 1985

Pergunta para refletir sobre o texto: O que você aprendeu com a vida?

3 comentários em “Contos e (En)cantos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: