Contos e (En)cantos

Novelos de fé, sonhos de coragem

Nathaly Ferreira*

Desejo que muitos novelos de fé, de todas as cores, sejam espalhados pelo mundo… Para que pessoas de todas as idades, onde quer que estejam, brinquem com eles, como gatinhos que animadamente desenrolam novelos de lã pela casa.

Que os fios desenrolados dos novelos coloridos de fé bordem arco-íris de esperança, de todas as formas possíveis, com agulhas dos desejos de vida!

Almejo que as formas bordadas de esperança sirvam como assentos… Mas que sejam daqueles assentos bem fofinhos e confortáveis para que nós possamos nos escorar quando estivermos cansados demais…

Desejo que nesse momento apenas respiremos e descansemos. Que inspiremos juntos o ar profundo da amorosidade e expiremos o ar da empatia e do acolhimento, esvaziando os pulmões das dores das perdas coletivas…

Assim, quem sabe, ao adormecermos nesse lampejo visceral de descanso, também consigamos cochilar sonhos de coragem para perseverarmos na luta apesar de tudo.

*Uma míope no caminho com desejo latente de ampliação. Imaginadora por (r)existência, curiosa por vocação e psicóloga por escolha. Ama contar histórias sobre o trivial para poetizar suas experiências com os timbres da vida.

Pergunta para reflexão do texto: O que você gostaria de bordar com os fios de lã de esperança?

3 comentários em “Contos e (En)cantos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: