Contos e (En)cantos

Convidamos você a se enredar com a literatura para se encantar e contar outros contos dos enfrentamentos e dramas humanos e não humanos, em especial, para compartilhamos nossas experiências de acolhimento, de renascimento e de sofrimentos também, marcadas, de um lado, pela pandemia da COVID-19; e, por outro lado, pelo estado mundial de emergência climática, nos instigando.

————————————————————————————————-

Vestido de amor (https://siterg.uol.com.br/rg-tv/2022/06/24/chico-cesar-lanca-clipe-de-vestido-de-amor-assista/)

Chico Cesar*

Eu vou vestido de amor
Para o amor encontrar
O corpo leve em voo
E a alma flutuar

O sol e a lua que sou
E as estrelas quiçá
A luz profunda do amor
Que junta o céu e o mar

O que me veste é tão leve
Leva a mansidão de amar
A imensidão de ser vida viva
Para o amor encontrar

Se vem comigo me diga, digo
Sinto a energia do ar
Um fogo novo eterno antigo
Que nunca vai apagar

Eu vou vestido de amor, amor Meu Ori Baobá O mar amar o mar Chaque jour est magnifique Pour nous habiller d’amour Pour aller ainsi vêtus Et embrasser la vie en fleur

*Cantor, compositor, escritor e jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba. Nasceu em Catolé da Rocha, interior da Paraíba, em 26 de janeiro de 1964.

Questão para refletir sobre o texto: Do que você vai vestido?

3 comentários em “Contos e (En)cantos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: